Contactos para espectáculos

Contactos para espectáculos
CONTACTOS PARA ESPECTÁCULOS

quarta-feira, 14 de abril de 2010

"Sou Tua"

Letra: Domingos Gonçalves

Música: Casimiro Ramos

*

Reneguei tuas promessas
E juras de amor ardente
Até com certo rancor
Disse-te assim, não sou dessas
Que se embalam cegamente
Em juramentos de amor
Meu Deus, como a boca mente
Pois se te amo loucamente
Eu digo seja a quem fôr

Sou tua...

Como o luar é da lua
Como as pedras são da rua,

E p'ra ser tua nasci
Sou tua...

Tão tua que me convenço
Que já nem a mim pertenço,

Que sou um pouco de ti
Sou tua...

Deixa-me gritar ao vento
P'ra que o vento num lamento,

Diga ao mar, á terra, ao céu
Sou tua...

E deixa que os olhos meus
Só vejam p'ra ver os teus,

Embora não sejas meu

Ás vezes sinto desejo
De ofender-te, embora iluda
Meu coração a sofrer
Mas fico, quando te vejo
Tão pequenina, tão muda
Com tanto p'ra te dizer
É então que a minha boca
Porta voz desta alma louca
Murmura quase sem querer

A Marcha da Mouraria, tem o seu quê de bairrista...

Photobucket

Noite de Santo António em Lisboa

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket