Contactos para espectáculos

Contactos para espectáculos
CONTACTOS PARA ESPECTÁCULOS

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A Origem do Fado de Manuel Alegre



A origem do fado não importa
Ele é a própria origem ou talvez
D. Pedro coroando Inês já morta
Ou a história escondida atrás da porta
Onde se aninha o medo português

Não procures a origem: ele é a origem
Antes do antes e antes do começo
Como oiro no avesso da fuligem
Ou Lisboa e Pessoa e aquele verso
Onde os sentidos sentem o que fingem

Não procures na história: ele está fora
E estando fora ele é o próprio centro
A hora antes da hora e aquela hora
Onde o dentro está fora e o fora dentro
Do momento que passa e se demora

Não busques noutro lado: ele é aqui
E sendo aqui é sempre o outro lado
O presente e o passado e o nunca achado
País que é e não é dentro de ti
Onde tudo começa e tudo é fado

A Marcha da Mouraria, tem o seu quê de bairrista...

Photobucket

Noite de Santo António em Lisboa

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket