Contactos para espectáculos

Contactos para espectáculos
CONTACTOS PARA ESPECTÁCULOS

terça-feira, 4 de outubro de 2011

PRECE de Pedro Homem de Mello

Talvez que eu morra na praia
Cercada em pérfido banho
Por toda a espuma da praia
Como um pastor que desmaia
No meio do seu rebanho

Talvez que eu morra entre grades
No meio duma prisão
E que o mundo além das grades
Venha a esquecer as saudades
Que roem meu coração

Talvez que eu morra dum tiro
Castigo de algum desejo
E que, à mercê desse tiro
O meu último suspiro
Seja o meu primeiro beijo

Talvez que eu morra num leito
Onde a morte é natural
As mãos em cruz sobre o peito
Das mãos de Deus tudo aceito
Mas que eu morra em Portugal

http://youtu.be/4ioSbXbiKlI

A Marcha da Mouraria, tem o seu quê de bairrista...

Photobucket

Noite de Santo António em Lisboa

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket