Contactos para espectáculos

Contactos para espectáculos
CONTACTOS PARA ESPECTÁCULOS

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

VEJO DA MINHA JANELA de Luís Tomar

Da minha janela eu vejo

Sobre as águas do Rio Tejo

Gaivotas esvoaçando

E também os cacilheiros

Transportando os passageiros

Que elas vão acompanhando


Vejo o Panteão e a Sé

São Vicente e até

Santa Apolónia e o Cais

Santo Estevão, Madalena

Gostava de ver a Pena

Mas está distante demais


Olhando o Cais do Sodré

Vejo mesmo ali ao pé

A Ribeira e o Mercado

E no Terreiro do Paço

O povo num embaraço

P’ra passar p’ra o outro lado


Vejo a Ponte e o Cristo Rei

Muitas coisas não citei

Desta cidade tão bela

No alto avisto o Castelo

Que panorama tão belo

Vejo da minha janela


Vejo da minha janela

Como se fosse uma tela

Pintada em tom natural

Esta Lisboa que eu canto

Lisboa que eu amo tanto

É Lisboa, é Portugal

Photobucket

A Marcha da Mouraria, tem o seu quê de bairrista...

Photobucket

Noite de Santo António em Lisboa

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket